top of page

Há tempo de fazer e há tempo de ficar quieto

No final dos anos 80, a inflação no Brasil estava terrível e foi aí que nos deparamos com uma inimiga comum: as maquininhas de remarcação de preço. Elas trabalhavam dia e noite e precisávamos encontrar uma maneira de driblar aquela situação. A ideia era ir para a porta do supermercado logo cedo para quando fosse aberto, comprar pelo primeiro preço, pois afinal ele seria remarcado mais umas quatro vezes naquele dia. O problema é que todos tinham a mesma ideia e era um alvoroço, mas e o carrinho? No local onde ficaram já não havia tantos e os "flanelinhas de carrinhos" tinham vários a um valor próximo a um real na moeda de hoje. Quem podia com aquela gente? Quando se conseguia um carrinho, faltava uma rodinha ou simplesmente ela estava emperrada e o carrinho nunca ia pra onde queríamos.

Com isso, estou me lembrando de uma outra ocasião em que Deus emperrou rodas para dar vitória a seu povo. (Êxodo 14,25). Poderia ter mandado fogo do céu ou qualquer outra coisa, mas escolheu emperrar as rodas dos carros dos soldados de Faraó que foram submersos após o mar se fechar. Às vezes esperamos Deus num grande vento e Ele fala conosco suavemente. Outras vezes esperamos suavemente e Ele fala com voz de muitas águas. Deus é soberano sobre tudo e todos, faz o que Lhe apraz, mas não é homem para que minta e tirou seu povo do Egito conforme prometera. Se algo não vai bem em nossas vidas, precisamos corrigir a rota ou arrumar alguma "rodinha" que está emperrada. Há muitos livramentos que sequer percebemos. Se alguma "rodinha" de nossas vidas encrencaram, é possível que o Senhor quer apenas que paremos. Há tempo de fazer e há tempo de ficar quieto.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page